Imprensa é alvo de processos de partidos e políticos

impress2Sem um levantamento mais acurado das razões dos processos, poderíamos brincar de perguntar: – “Isto é liberdade de expressão?”
Pode-se aceitar que cinquenta por cento dos processos sejam realmente considerados (julgados) perjúrio, o que não acreditamos, mas mesmo assim, setenta e sete processos aceitos como verdadeiros, não é um número muito alto para denegrir a imagem de pessoas que se propõe a representar o povo nos diversos escalões da política nacional?
Considerando que este número não representa um processo por candidato, então as coisas se complicam ainda mais, a alguns senhores digníssimos candidatos não poderiam sequer concorrer a síndico de seus condomínios de chácaras.
impress1O que resta agora pós período eleitoral, são belos processos de difamação escrita ou falada para que jornalistas e adidos da imprensa respondam por um longo tempo. Enquanto isso nossos ofendidos candidatos permanecem fazendo as mesmas coisas, provavelmente os mesmos conchavos porque a política brasileira é feita dessa maneira. Pena que os que se utilizam desses métodos se sintam ofendidos quando apontados, quando expostos à Nação.

#Disse
Carlos Leonardo

Fonte: Folha de São Paulo

#CONVITE
Não acha que esses candidatos deveriam ter ao menos hombridade de calarem?

Dê sua opinião

 

Publicado originalmente no blog “Divagando a Notícia” em 07/10/2014.

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: