E a hora chegou, estamos prontos?

eleic1Começou no dia ontem (16/08) a temporada 2016 de caça ao eleitor voador. Durante o ano passado inteiro e mais ainda neste meio ano em que estamos, brigamos com todo mundo, discutimos com amigos, fizemos inimizades mil, até ficamos de mal com nossos familiares, tudo por causa de posicionamentos e defesas políticas. O Brasil foi tomando por uma onda de xingamentos e agressões verbais em tudo quanto é lugar possível, nas filas, bares, lares e numa explosão de ira nas mídias sociais.

eleic2Depois de muita confusão e inimizades colecionadas, parece que inconscientemente chegamos a um denominador comum: “escolhemos mal e estamos cercados de maus elementos no comando da Nação”. A grande maioria dos brasileiros conscientizou-se da necessidade premente de mudanças políticas, e principalmente de políticos a nos representar. Descobriu-se que partidos políticos brasileiros não têm mais identificação ideológica, são um amontoados de figurões que passam de um partido para outro como se entrassem e saíssem de carros diferentes.
Costumeiramente não têm identificação alguma com partido algum, somente condições particulares realizadas.

Chegou a hora de espantarmos políticos profissionais, políticos que passaram a vida inteira somente sendo políticos, sem nunca ter estado presente à população que sofre e necessitam de amparos, amparos mínimos para a sobrevivência humanamente possível.

eleic3Começou ontem a caçada ao eleitor e o que se apresenta como opção não é animador. As velhas raposas babando amizade para cima do povo estão aí novamente e infelizmente não teremos tempo de dizer-lhes: basta! Ainda não nos convencemos totalmente da necessidade de mudança, muitos de nós, falam muito, reclamam muito, mas ainda culpam os adversários partidários como culpados e protegem seus vis políticos.

eleic4Não poderíamos desprezar esta primeira oportunidade que teremos em nossas mãos em poucos dias, são 5.568 municípios brasileiros que elegerão prefeitos e vereadores. Eles são alunos das escolas políticas do futuro, temos por obrigação ensiná-los a trabalhar pelo povo, pelo interesse desse povo, pela melhoria das condições de vida desse povo em suas comunidades e não em benefício próprio como hoje o fazem. Pensemos bem quanto a isso, é o seu, é o nosso futuro. Nós os elegeremos, nós seremos os patrões, eles têm por obrigação atender-nos, pense nisso.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

 

Artigo base da análise
Campanha eleitoral mais curta dos últimos 18 anos começa nesta terça

Fonte: g1.globo.com

 


Leia também os artigos correlacionados:

 


============ DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: