E esse “cabo de guerra”, até quando?

cguerr1O País incontestavelmente está de “virado às avessas”. A possibilidade de consenso nacional é uma utopia. Duas frentes com interesses diversos de seus aliados debatem-se e agridem-se entre si, defendendo uma promessa única de melhoria sem bases sólidas para a Nação, isto é, metodologias diferenciadas prometem as mesmas coisas.

cguerr2O grande fator de comprometimento das possibilidades de melhora para o País é a descoberta pela grande massa, de ter sido enganada. Um sentimento de raiva e vingança brota das veias desse povo sofrido, espezinhado, e que sabem-se roubados “na cara dura”, sem qualquer gesto de dó ou piedade. Seus direitos e conquistas estão sendo surrupiados para recuperar despesas governamentais, frutos de desvios e roubos no erário e em empresas do setor público.

cguerr3Talvez a maior problemática a ser resolvida pelo povo seja o ato de fazer aparecer um político de consenso nacional. Para que isso seja possível há necessidade de transparência e limpeza do candidato e esses detalhes são complicadores da realização. Nós vivemos há muito tempo com uma política baseada em conluios sem respeitar limites de ideologias ou moral. Então, seus filhos prioritariamente, são políticos corruptos e inaptos a se candidatarem como verdadeiros representantes desse povo.

cguerr4Falta de um nome forte na política nacional, um nome que possa reunir ao menos oitenta por cento da população à sua ideologia política e promessa de reconstrução do País. O que se vê hoje são ratazanas antigas travestidas de “salvador da Pátria”, todos têm passado proscrito e comprometimentos sérios com respeito à idoneidade. Esse fator dificulta e muito a recuperação de nosso País, urge-se pelo seu surgimento, não poderemos fazer nada sem a presença desse ícone vacante. Só ele poderá puxar os dois lados do “cabo de guerra” para o centro e fazer fundirem os integrantes num só objetivo e método. Caso isso não ocorra, tenderemos a acirrar irresponsavelmente as contendas que se apresentam e então caminharmos inexoravelmente para uma tomada do poder pelas Forças Armadas, novamente.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

 

 


============ DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: