Cepa extinta? Nããão… Oculta!

Sífilis
É uma doença infecciosa sexualmente transmissível causada pela bactéria Treponema pallidum. Causa ferida na pele e nas mucosas. Se não tratada, pode atingir o cérebro e o coração, levando o paciente à morte. Tem três estágios. No primeiro, após o contágio, aparece uma ferida chamada “cancro duro” na parte do corpo exposta à bactéria, normalmente o pênis, a vagina, o ânus ou a boca, já que a doença é sexualmente transmissível (DST). A contaminação placentária ou por transfusão de sangue são formas raras de contágio. O tratamento é feito à base de antibióticos, como a penicilina.

sifilis1Há mais ou menos quarenta e cinco ou cinquenta anos atrás, era muito comum se ouvir os mais velhos falarem a “bocca chiusa” sobre as tais doenças venéreas. Quase duas gerações se passaram para que voltássemos a ouvir novamente sobre ela. E quando começam os rumores, é porque a coisa está feia…

Temerosamente, muitas são as razões para que esse fato possa estar ocorrendo. sifilis2O relaxamento da vigilância preventiva por se achar que a doença estivesse extinta, o fato de não se propagar suas estórias entre as pessoas mais velhas, como antigamente, criou-se o esquecimento e o desconhecimento de sua existência.

A decadência do sistema de saúde no País e o precário atendimento à pacientes pelo SUS, certamente devem ter contribuído em muito para o crescimento da epidemia. sifilis3Outro fator determinante e quase impossível de ser corrigido é vergonha e o medo pelos homens de se estar infectado.

Mas o possível motivo que mais contribuiu para o crescimento da ação da bactéria aqui no Brasil foi o advento de muitos turistas estrangeiros em razão da Copa do Mundo de Futebol recentemente aqui realizada, que trouxe pessoas de todo o mundo e em quais situações de saúde certamente não foi checado. Houve ainda o fator do acolhimento de grandes levas de pessoas de outros países, às vezes em piores condições sanitárias e de saúde que as nossas, para aqui residirem temporária ou definitivamente.

sifilis4Porém o que chega-nos revoltar ao tomar conhecimento é a possibilidade de uma das causas mais representativas é a falta do antibiótico “penicilina” no mercado brasileiro de remédios. E isso se daria por causa do preço não estar convidativo para os laboratórios a produzirem, isso é possível? O governo deveria baixar um decreto obrigando a esses laboratórios produzirem-na independentemente do preço ou no máximo dando-lhes um pequeno subsídio. Afinal, a razão da existência dessas empresas é a produção de medicamentos para a sociedade. Ou então que repasse a tecnologia de produção para as empresas produtoras de medicamentos genéricos.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
Brasil vive epidemia de sífilis

Fonte:   Veja – Abril

Leia também os artigos correlacionados:


============ DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: