Apagou-se a fornalha vermelha

fidel1Quebrou esta noite passada em Havana/Cuba a pira, a já aminguada fogueira que mantinha vermelha a estrela representativa de um partido desvirtuado, de um ideal antigo e desatualizado sobre nossos dias. Ficam órfãos inconformados com a perda. Seus rumos podem mudar drasticamente nos próximos anos por falta de seu “norte”. fidel2Não há mais qualquer expoente vermelho para representa-lo, o possível representante da classe, está também se definhando por pressão política contrária, arrestos e ações judiciais.

A já combalida estrela vermelha que vem sendo quebrada em pequenos pedaços surgindo também rupturas profundas em suas intenções e ideais político-partidários, está prostrando-se ao chão. Dificilmente poderá se levantar, a chama se apagou. fidel4Seu herói maior se foi e deverá, seguindo o caminho do controverso e cruel terroristaChe Guevara”, deverá também ter seus disparates e mandos opressores apagados da memória dos seus seguidores e correligionários. fidel5Passará de cruel ditador a ser um ícone representativo de luta, de defensor dos povos sofridos, se transformará também em deus tinto de vermelho.


fidel3Fidel Alejandro Castro Ruz
(Birán, 13 de agosto de 1926/Havana, 25 de novembro de 2016) foi um revolucionário cubano, principal líder da Revolução Cubana (1953-1959), primeiro-ministro de Cuba (1959-1976) e primeiro presidente do Conselho de Estado da República de Cuba (1976-2008). Até 2006 foi primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba. Castro morreu em Havana na noite de 25 de novembro de 2016, aos 90 anos. Ele nunca foi eleito através de eleições diretas, não permitiu a criação de partidos de oposição, nem liberdade de imprensa – Cuba é considerado um dos países com menor liberdade de imprensa do mundo – durante o período em que esteve como líder do regime ditatorial cubano. Seu governo foi e continua sendo amplamente criticado pela comunidade internacional por violações aos direitos humanos.

#Disse

Carlos Leonardo ˄˅

 

 

 

 


============ DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: