Entre títulos e etiquetas de luxo

ostent1Não sei se é uma tendência mundial, conheço apenas a realidade brasileira, mas é interessante pararmos para analisar, para nos analisarmos em nosso modo de ser. Desde a mais tenra idade, somos levados pela onda da sociedade em ostentar luxo, mesmo não tendo poder para isso. Isso talvez seja o maior fator de geração de agressividade no seio da sociedade em si. ostent2Muito embora adultos não a tenha, mas com certeza a criança, o jovem não terá poder de discernir entre a ação entre o bem e o mal, então a pressão da sociedade sobre esse elemento faz com que ele transgrida limites para obtenção do objeto de seu desejo, para isso ele rouba, ele mata.

Culpa da sociedade? Não, não acredito que possamos, como os movimentos esquerdistas dos direitos humanos o fazem, simplistamente condenemos a sociedade por todo mal existente. Há por trás de toda estória, uma razão, um motivo, um fato gerador para aquela ação condenada que, sempre envolve a falta de conceitos religiosos, de educação familiar e respeito ao próximo e até de cidadania.

ostent3Quando nos tornamos adultos, trazemos arraigados dentro de nosso ser, esse carma de sempre ter de lutar para conseguir mais e mais poder, títulos, títulos cada vez mais expressivos e representativos, não para causas beneméritas, mas para satisfação de nosso ego, para nossa projeção no seio da sociedade em que vivemos. A simples apresentação de vestimentas com etiquetas luxuosas que expõem seus logotipos como um “outdoor” ambulante, dá-nos a falsa sensação de destaque em nosso meio, como se importante fôssemos.

ostent4Somos ainda uma criança crescida que brinca de ser importante, de ser rico e poderoso. Só que para isso, passamos por cima dos conceitos de direito do outro ao nosso lado, chegamos às vezes a destruir, inconscientemente, o modo de viver de pessoas e até, famílias inteiras. Tudo isso para que se projete ainda mais forte a representatividade de nosso poder. Não acredita que isso seja possível? Pare e pense um pouco, reflita em vários níveis e encontrará uma ostentação que pode ter custado algo a um amigo, a um conhecido… Isso somos nós!

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

 


============  DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO  ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: