Protestar é direito, invadir é crime, querida

anajulia1Linda, sorridente, descompromissada com suas próprias palavras ditas ao vento e a classe militante. Não entro no mérito de suas crenças políticas, ela tem direito a isso como todo brasileiro o tem. Expressar seus sentimentos dentro do meio de seus amigos militantes, também é um direito intocável dela. Tentar expandir seus limites de crentes à ideologia defendida é sem dúvida alguma seu direito.

Mas podemos questionar sim, os métodos aplicados para que seus ideais se realizem. Seu perfil de adolescente não a credita qualquer validação de seus brados, não vivência suficientemente acumulada em sua vida que possa dar poder e credibilidade em suas palavras. Tudo o que diz, reflete bulas escritas por lideranças esquerdistas que ocultam interesses particulares nas mensagens subliminares no modo de se expressar.

Suas palavras são ocas de veracidades, analisando sua curta experiência de vida; por mais que seus pais sejam pessoas engajadas em movimentos esquerdistas e por mais que tenham transferido em conselhos e exemplos, anajulia2como portar-se em enfrentamento a situações de oposição ao sistema, ainda assim ela não estaria habilitada para ser considerado um ícone da militância, como a mídia a está colocando. Lamentavelmente, ela se tornou apenas uma temporária etiqueta representativa do momento político no estado.

O próprio ato de invadir estabelecimentos públicos não pode ser creditado a seu precoce currículo político. Ela é fruto desse procedimento criminoso de lesa direito de terceiros não envolvidos. Só o cerceamento desses direitos, já daria direito ao Poder Público, se não covarde fosse, prender todo mundo, incluindo a “estrelinha petista”, imagine se levássemos em consideração os pronunciamentos de desafios e incentivos ao aumento das invasões que infringiriam outras leis e mais processos poderiam ser abertos.

Pobre garotinha, você é esperta, você tem tudo crescer pela frente na vida, está chegando seu tempo de namoro, de amiguinhas, amiguinhas verdadeiras, que falam de cinema, novela, romances. Deixa de ser um objeto manipulado por seus pais, pela mídia, pelo partido. Continue acreditando em seus ideais, mas antes de tudo, vá viver sua vida, vá curtir a tua real idade.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
Tivemos que ocupar para sermos ouvidos, diz símbolo das ocupações no PR

Fonte:   uol.com.br

Leia também os artigos correlacionados:

 


============ DEIXE ABAIXO, SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO ============

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: