Florescem as raízes podres no Brasil

Lendo a reportagem de Jorge SVARTZMAN para a Agence France-Presse, abaixo lincada, nos remete a um devaneio de uma profundeza sem limites. Estamos olhando boquiabertos a acontecimentos pavorosos, de uma crueldade insana, aqui, bem perto da gente. A sequência de agressão só se avoluma em todas as direções, em todos os sentidos, em todas as classes sociais.

Não há idades, não há nível cultural ou social, não há mais família, filhos agridem pais, pais agridem filhos e tudo não passa de notícias corriqueiras de jornais falados e escritos, de mídias sensacionalistas, de bate bocas com opiniões infundadas nos grupos sociais da internet.

Mas na realidade, passamos a aceitar como natural essas coisas, perdemos a noção de respeitabilidade social e religiosa. Não sou religioso, mas está faltando no Brasil a imposição religiosa de nossos pais, o respeito ao ser humano acima de tudo. Como nunca houve no Brasil, mata-se por discórdia, por necessidade de dinheiro para drogas, mata-se por insanidade de pais e filhos, sem uma possível explicação ou justificativa por parte do assassino. Simplesmente, mata-se. Tira-se a vida de um ser humano como se estivesse abatendo um animal para comê-lo. Simples assim.

A afluência, a expansão das drogas no seio da sociedade como um todo, tornou-se o maior negócio de enriquecimento rápido e sem esforço algum. Os tentáculos do crime organizado penetraram por todos os âmbitos sociais. Certamente formaram-se políticos com apoio das verbas ilícitas geradas pelas drogas.

Para matarmos essa hidra que se instalou nas veias da sociedade brasileira, teremos que sangrar as veias, muitos inocentes pagarão por algo que não cometeram e serão esquecidos, culpar-se-ão muitos e poucos serão descobertos. As entidades de apoio social terão de filtrar melhor suas ações para não coibirem ações e atos necessários para a limpeza, desinfecção e descontaminação da sociedade. Haverá choros e ranger de dentes, ah! Haverá sim! Mas só assim poderemos ter um pouco de esperança; deixamos as coisas irem longe demais…

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base do comentário
O Brasil no labirinto da violência

Fonte:   Notícias – Yahoo


 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: