Você já conhece o efeito disso…

E aí vem novamente a velha solução governamental, “o sapato aperta, aumenta a tributação”. Só que desta vez ele pensa em acender o estopim de um campo minado. Já vimos isso acontecer muitas vezes, com muitos governos diferentes e o resultado sempre foi o mesmo, disparo do gatilho inflacionário.

O governo atual sinaliza movimentar-se nesse sentido para diminuir o seu rombo orçamentário, com o aumento dos indexadores do PIS e do Cofins sobre os combustíveis: diesel e gasolina. Sobre da alta na gasolina o que se pode esperar é a paralização da frota de veículos particulares temporariamente. Agora, quanto ao diesel, os problemas ocasionados serão muito maiores e mais graves. A primeira reação será sobre os fretes dos transportes, a majoração do preço das passagens e tickets de ônibus.

Esses acontecimentos deverão ser o start de um efeito em cascata que atingirá indescritivelmente a todos brasileiros. E como sempre, o maior atingido serão os pobres. Concomitante a isso que estará acontecendo, haverá provavelmente outras medidas paralelas que complicarão ainda mais a situação. Em contrapartida, o arrocho nas despesas do governo será de pouca monta, como sempre. É mais fácil optar por sobretaxar a população que quebrar acordos firmados e concessões políticas fixadas em retribuição a favores recebidos ou negociados.

#Disse
Carlos Leonardo ٨٧

Reportagem base na opinião:
Planalto estuda aumentar impostos sobre combustíveis para fechar as contas
Fonte: Estadão Conteúdo

Para você, um “Convite à Prosa…
“Quando governo cortará em sua carne?”

 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: