Algo aí não está batendo ou estou vendo fantasmas?

A pesquisa Vigitel, realizada pelo Ministério da Saúde, mostrou que nos últimos 10 anos, a taxa de obesidade aumentou 60% e a de sobrepeso 26%. No mesmo período, o número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% e com hipertensão, 14,2%. (iStock/Getty Images)

Algumas afirmações numéricas, que a reportagem abaixo citada como base, nos traz, é de deixar-nos com as “pulgas atrás das orelhas”. Há ao menos uma afirmação que é muito contraditória, ela está no item ALIMENTAÇÃO, onde se afirma que nos últimos dez anos, há um sensível aumento de redução do consumo de refrigerantes, um incremento considerável na prática de atividades físicas e um singelo aumento no consumo de frutas e hortaliças.

Diante de números tão alvissareiros, deparamo-nos com outras afirmações que são um completo desastre e completamente antagônicas às afirmações anteriores. São tácitas afirmações de que o brasileiro está cada vez mais, obeso, já atingindo um em cada cinco brasileiros. Esse é um dos fatores que pode ter colaborado para o aumento da prevalência de diabetes e hipertensão entre a população. O sobrepeso, o cenário é ainda mais grave. Mais da metade dos brasileiros está acima do peso.

Essas afirmações contraditórias são estranhas porque uma desmente a outra, elas estão intimamente ligadas. O segundo quadro de afirmações parecem serem mais reais por que são visíveis. Quando saímos a caminhar pelas ruas de nossa cidade é que deparamos com esse estarrecedor quadro, realmente o brasileiro está cada vez mais gordo e mais feio. Quando nos EUA os americanos culpam a má alimentação a que se submetem, principalmente pelo consumo exagerado de industrializados embutidos e enlatados, aqui no Brasil essa não seria a nossa realidade.

O alto custo dos produtos industrializados inviabiliza o consumo em excesso pelo brasileiro, ele existe, porém não é suficiente para tal degradação física. O grande fator oculto por trás dessas afirmações é a qualidade dos produtos ingeridos pela população. Isso justificaria a união do primeiro grupo de informações com o segundo, isto é, de nada adianta um incremento na melhoria da alimentação e na prática esportiva, se a qualidade ingerida é de péssima qualidade.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
Obesidade cresceu 60% no Brasil nos últimos dez anos
Fonte: Veja

Leia também os artigos correlacionados:

Para você, um “Convite à Prosa…
“Você está engordando sem saber porque?”

 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: