E a estrela vermelha tornou-se rosa choque

Poder-se-ia dizer: “Rosa choque com tons e semitons de dourado”.

Se levarmos em consideração que as metodologias petistas de demonstração de contrariedade a todos os governos não alinhados, tornou-se mais midiática; então o partido está amplamente amparado com a assunção de Gleisi Hoffmann em sua presidência, a rainha dourada da “turminha da chupeta”. Será ela também chamada “Presidenta” ou isso era prerrogativa de Dilma Rousseff?

Sua linha de pensamento está conforme as diretrizes do PT de destacar os êxitos, sem reconhecer os erros. Nós não somos uma organização religiosa, não fazemos profissão de culpa nem tampouco nos açoitamos. Não vamos ficar apontando nossos erros para que a burguesia e a direita se aproveitem disso. Nós reconhecemos nossos erros na prática”, este é seu posicionamento sobre o assunto.

A agenda do PT de Gleisi baseia-se na regulação da mídia e nas reformas tributárias e no sistema Judiciário. “A aristocracia domina o poder público e articula com as elites, representadas pelo poder Judiciário”, criticou. A senadora saiu em defesa de Lula como forma de unificar o partido. Gleisi também sustentou a necessidade de o PT voltar a dialogar com os movimentos sociais, em especial aos grupos jovem, negro e feminino.

Como reforço de aceitação no mundo petista, Gleisi conta com apoio total e irrestrito do “Grande Papa”, o “Santo Homi”. Está criada a era de “mimimis” e muxoxos para alegria da esquerda da chupeta, que deverá ter seu mentor maior o Senador Lindbergh Farias (RJ) e ele é bom nisso! Vejamos então o que vem por aí com Dona Barbie…

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
PT elege senadora Gleisi Hoffmann como nova presidente da legenda
Fonte: G1 Globo

Leia também os artigos correlacionados:

Para você, um “Convite à Prosa…
“Teremos incremento dos “mimimis” na política brasileira?”

 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: