Perigo que ronda empresas

Consumidores podem pedir bloqueio de telefone para ligações de telemarketing (Foto: Reprodução EPTV)

Num mercado repleto de incertezas, de garantias não convincentes e acima de tudo, de olho no pouco e quase inexistente resíduo salarial do pobre trabalhador, empresas de todos os nichos de consumo atacam cada vez mais o consumidor. As formas são as mais variadas e criativas possíveis. Mas o tradicional “chaveco pre-escrito e decorado “ do convite telefônico é a forma mais utilizada.

O problema é que estas empresas seja ela de que segmento for ainda não se atentou para uma lei que estava no esquecimento e que pode vir a dar muita dor de cabeça. A “Lei Não Perturbe”. Com a aceleração da volúpia das tentativas de vendas, o comércio não está dando a devida atenção ao detalhe da existência da mesma e pode lhe custar muito caro.

Ainda não é uma jurisprudência, mas comenta-se sobre casos de multas altíssimas, risco de suspensão dos serviços oferecidos e até fechamento de empresas não cumpridoras. Fornecedores de produtos ou serviços que se utilizam deste serviço não poderão ligar para o número de telefone após o 30º (trigésimo) dia da inscrição no cadastro. Ou seja, as empresas têm um prazo de 30 (trinta) dias para acessar o cadastro e excluir os números inscritos da sua lista de chamadas. Se após 30 dias do cadastro de sua linha o consumidor receber ligações de telemarketing, poderá registrar uma reclamação no mesmo local onde efetuou o bloqueio.

É bom ficar atento a essa possibilidade porque pode acontecer de encontrar um futuro e promissor cliente com “o suor acumulado água cobrindo-lhe as narinas” e o resultado dessa investida pode custar muito caro e a campanha de alavancagem ir por “água abaixo”.

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
Consumidores podem fazer cadastro para evitar ligações de telemarketing
Fonte: G1 Globo

Leia também os artigos correlacionados:

 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: