Em meio ao caos, um benefício

Nesta terça-feira, dia 25 de julho de 2017, o Contran – Conselho Nacional de Trânsito aprovou a utilização da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica, a CNH-e. Esta pode ser considerada uma medida muito importante, ela dá a segurança e garantia ao condutor de veículos automotores a não se verem em apuros, quando se esquecem de seu documento, hoje, de porte obrigatório.

Essa medida estará disponibilizada a partir de fevereiro de 2018. Os motoristas poderão apresentar o documento de porte obrigatório tanto no modelo impresso como em formato digital, no seu smartphone. A autenticidade da CNH digital poderá ser comprovada pela assinatura com certificado digital do emissor ou com a leitura de um QRCode.

Cadastro

O usuário realizará o cadastro no Portal de Serviço do Denatran e confirma seu e-mail com o uso de certificado digital. Para isso, o acesso deve ser efetuado por um equipamento que permite o uso desse certificado; ou por meio do seu e-mail, no balcão do Detran.

Ativação do cadastro

Será enviado um link para o e-mail informado. Em seguida, o motorista deverá realizar o login pelo aparelho onde deseja ter sua CNH digital.

Segurança

No primeiro acesso, será preciso criar um PIN (código) para armazenar os documentos com segurança. Será preciso inserir o PIN criado para poder visualizar os documentos.

Bloqueio

Caso necessite bloquear o aparelho para impedir o uso de sua conta e acesso aos seus documentos, o usuário deve acessar o Portal de serviços do Denatran com o certificado digital e solicitar o bloqueio.

 

#Disse
Carlos Leonardo ˄˅

Artigo base da análise
CNH digital é aprovada pelo Contran e deve valer a partir de fevereiro, diz governo
 Fonte: globo.com

Leia também os artigos correlacionados:

Para você, um “Convite à Prosa…
“O que achou dessa medida?”

 

Vamos comentar isso?

%d blogueiros gostam disto: